Isabel Estrada Carvalhais

Doutorada em Sociologia (Universidade de Warwick, Reino Unido)

Departamento de relações Internacionais e Administração Pública da Universidade do Minho

Professora Auxiliar
isabelestrada@eeg.uminho.pt
+ 351 253604520
Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Escola de Economia e Gestão, Gabinete 0.12

Isabel Estrada Carvalhais é Professora de Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade do Minho. É doutorada em Sociologia (Universidade de Warwick, Reino Unido), com Mestrado em Sociologia (Universidade de Coimbra, Portugal) e licenciatura em Relações Internacionais (Universidade do Minho, Portugal).

Isabel Estrada Carvalhais foi membro de vários projetos de investigação (por exemplo, “The electoral participation of Portugal’s foreigners”, conduzida pela International Organisation for Migrations in Portugal; DIVPOL, financiada pelo European Fund for the Integration) e é membro especializado em projetos não-académicos (por exemplo, membro do Transnational Steering Committee no projeto "Pathways to Parental Leadership", conduzido pelo Immigrant Council of Ireland.

Recentemente (2016), trabalhou com a Professora Sandra Dias Fernandes no tema de Crise Europeia e Euroceticismo, analisado sob uma perspetiva política especificamente sobre o caso português, no contexto de dois projetos europeus, um conduzido pelo Latvian Institute of International Affairs, e outro pelo Institut Français de Relations Internationales.

Isabel Estrada Carvalhais trabalha na interseção entre Política e da Sociologia, e a sua investigação concentra-se sobretudo em Estudos de Cidadania e Democracia. Isabel está particularmente interessada na inclusão política, formas de participação e estruturas de oportunidade política dos imigrantes e cidadãos de origem migrante. O seu atual projeto de investigação centra-se na relação entre a aquisição da nacionalidade portuguesa e as perceções das pessoas de origem migrante sobre a sua inclusão política e participação política na democracia Portuguesa.

Isabel escreveu muito sobre cidadania e inclusão política de imigrantes, como autora e editora de livros, capítulos de livros, documentos de trabalho, relatórios científicos e artigos. As suas últimas publicações incluem artigos em revistas como a Ethnic and Racial Studies (2017), Brazilian Journal of International Affairs (2015); Diversities (2012); Portuguese Journal of Social Science; e um livro (2015), com coautoria de C. R. Oliveira, intitulado “Diversidade étnica e cultural na Democracia Portuguesa”.

Carvalhais, I. E., & Sampaio, C. The meaning of detention on life trajectories and self-identities: the perspectives of detained migrants in a removal centre in Portugal . Journal of International Migration and Integration.
Fernandes, R., & Carvalhais, I. E. (2018). Compreender a liderança de Erdogan na equação política da "Nova Turquia". Janus.Net, 9(1), 92–107.
Carvalhais, I. E., & Fernandes, S. (2018). Resisting Euroscepticism and Anti-Refugee Populism in Europe: The Portuguese Case. In T. Agarin & N. Nancheva (Eds.), A European Crisis - Perspectives on Refugees, Solidarity, and Europe. (Ibiden Verlag., p. 288). Suttgart: Ibidem Verlag.
Aprigio, A., & Carvalhais, I. E. (2016). Segurança real e virtual: os novos desafios de segurança. MALALA (Revista Do Grupo De Trabalho Oriente Médio e Mundo Muçulmano), 4(6), 71–88.
Fernandes, S. D., & Estrada, I. (2016). Portugal: Waiting for Better in the Adversity. In V. Pertusot (Ed.), The European Union in the Fog: Building Bridges Between National Perspectives on the EU (pp. 177–184). France: IFRI.
Fernandes, S., & Carvalhais, I. E. (2016). Portugal: a weak case for Euroscepticism. In K. B. (ed.) (Ed.), Euroscepticism in Small EU Member States (pp. 47–60). Riga, Latvia: Latvian Institute of International Affairs .
Carvalhais, I. M. E. (2016). Immigrants’ political rights in Portuguese Democracy – brief reflections on the Brazilian case. In G. Emmerich & V. A. Olguín (Eds.), Sufragio Transnacional y Extraterritorial: Experiencias Comparadas.Transnational and Extraterritorial Vote: Comparative Experiences (pp. 163–182). México: IIDH/Capel - Instituto Interamericano de Derechos Humanos, CONACYT – Consejo Nacional de Ciencia y Tecnologia, Universidad Autonoma Metropolitana.
Carvalhais, I. E. (2015). Conhecimento na (des)construção da cidadania pós-nacional . In S. da Rocha-Cunha & M. A. B. Martins (Eds.), Política de Poder, Paz e Guerra nas Relações Internacionais (pp. 43–67). Famalicão: Edições Húmus.
Carvalhais, I. E., & Oliveira, C. R. (2015). Diversidade Étnica e Cultural na Democracia Portuguesa: Não-nacionais e Cidadãos Nacionais de Origem Migrante na Política Local e na Vida dos Partidos Políticos (Vol. 1). Lisboa: Observatório das Migrações.
Dias, I. M. T., & Carvalhais, I. M. E. (2015). O nexo migração-desenvolvimento nas relações entre diásporas e estados: o caso das associações brasileiras e cabo-verdianas em Portugal. Brazilian Journal of International Relations , 4(3), 476–515.
Carvalhais, I. E. (2012). Brain drain/brain gain from the perspective of a semi-peripheral state: Portugal . Diversities, 14(1), 99–117.
Carvalhais, I. E. (2012). L’Unione European e l’immigrato extracomunitario: la gestione dell’esclusione. Rivistie Gli Stranieri - Rassegna De Studi e Giurisprudenza, 1, 69–84.
Carvalhais, I. E. (2012). Portugal’s strategy on brain gain: Its meanings and impacts in the making of a post-national language of citizenship. Portuguese Journal of Social Science, 11(2), 209–227.
Carvalhais, I. E. (2010). A União Europeia e o «Outro» - tensões e compromissos da lógica subjacente à sua gestão da imigração de países terceiros. E-Cadernos CES, 10, 143–173.
Carvalhais, I. E. (2010). Iniciativa de Cidadania Europeia – mais e melhor democracia na UE? Perspectivas - Portuguese Journal of Political Science an International Relations, 5, 71–93.
Carvalhais, I. E. (2010). Migrantes e minorias étnicas lusófonas em Portugal – evolução do sistema legal de direitos políticos e sociais. Perspectivas - Portuguese Journal of Political Science an International Relations, 4, 57–75.
Estrada, I. (2010). A cultura política em Habermas. Economia e Sociologia, 90, 46–68.
Carvalhais, I. E. (2007). The cosmopolitan language of the state: Post-national citizenship and the integration of non-nationals. European Journal of Social Theory, 10(1), 99–111.
Carvalhais, I. M. E. (2007). Cidadania no Pensamento Político Contemporâneo. São João do Estoril: Principia.
Carvalhais, I. M. E. (2007). Postnational Citizenship and the State. Lisboa : Celta Editora.
Estrada, I. (2007). Book Review: Of Immigrants at the Margins, Law, Race and Exclusion in Southern Europe. Journal of Ethnic and Migration Studies, 33(3), 523–524.
Estrada, I. (2007). Pós-nacionalidade no Projeto da Cidadania Europeia. Estratégia, 24-25, 117–130.
Estrada, I. (2006). Condição pós-nacional da cidadania política - pensar a integração de residentes não-nacionais em Portugal. Sociologia - Problemas e Práticas, 50, 109–130.
Estrada, I. (2006). Local Power and Political Participation of non-national residents in the Portuguese political context. In A. P. de Ciência Política (Ed.), Second Congress of the Portuguese Association of Political Science (pp. 50–66). Bizâncio.
Carvalhais, I. M. E. (2005). Pós-nacionalidade – em defesa do potencial cosmopolita do Estado. Economia e Sociologia, 80, 97–111.
Estrada, I. (2005). Direitos Humanos, diversidade cultural, competição económica – as contradições europeias na gestão de fluxos migratórios e de refugiados. Perspectivas - Portuguese Journal of Political Science an International Relations, 1, 158–167.
Estrada, I. (2005). La démocratie et la situation postnational de la sphère politique dans l'intégration des résidents non nationaux : le cas portugais. Migrations Et Société, 17(102), 1–20.
Estrada, I. (2005). Post-nationality – arguing for the cosmopolitan potential of the State. Eixo Atlântico, 8, 93–103.
Carvalhais, I. E. (2004). Political integration of ‘lusophone’ non-national citizens in Portugal: Perceptions of key political actors. Portuguese Journal of Social Science, 2(3), 133–148.
Carvalhais, I. M. E. (2004). Os Desafios da Cidadania Pós-Nacional. Porto: Afrontamento. Porto: Editora Afrontamento.
Estrada, I. (2004). Perceções do Poder Local português sobre os seus habitantes não-nacionais – resultados de um inquérito. Eixo Atlântico, 6, 93–103.

Links Úteis

Contactos

Centro de Investigação em Ciência Política
Escola de Economia e Gestão
Universidade do Minho

Campus de Gualtar
4710-057 Braga
Gabinete -1.13
+351 253 601 947

Facebook CICP Linkedin CICP email cicp

  • Twitter
  • copyright CICP @ 2019